Fale com um corretor de imóveis na De martin Ligamos para você de martin

Siga o passo a passo
para comprar o seu apartamento

1Financiamento Imobiliário


Existem diversas maneiras de financiar um imóvel, e não pense que essa é uma realidade apenas para quem tem muito dinheiro. Quem ganha pouco também pode realizar este sonho! Assim, o financiamento é um aliado de quem quer comprar um imóvel.  A vantagem imediata e mais atraente de um financiamento imobiliário é que quem não reuniu recursos suficientes para comprar um imóvel à vista, mesmo assim pode realizar a aquisição. E essa aquisição pode ser feito sem grandes burocracias, já que a análise para aprovação das linhas de crédito está cada vez mais simples. Há vários benefícios em se realizar um financiamento de imóvel. Os planos oferecidos pela Caixa Econômica Federal (CEF) caracterizam-se por inúmeras vantagens, como o prazo de pagamento de até 30 anos e pelas taxas de juros reduzidas. Fale com o corretor online e conheça as vantagens desta opção de financiamento.

2Use o seu FGTS


Para quem deseja comprar um imóvel, o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) pode ser utilizado para pagar parte ou quitar o valor do financiamento.

O FGTS é uma espécie de poupança do trabalhador: todo o mês a empresa deposita um valor calculado sobre o seu salário. O saldo do FGTS só pode ser usado nas situações previstas em lei e uma delas é a compra, quitação de parcelas ou amortização de financiamento da casa própria.

Com o Fundo de Garantia, você tem acesso a linhas de financiamento com juros reduzidos, o que facilita o financiamento de um imóvel de valor maior. Aproveite essa oportunidade!

3Minha Casa Minha Vida


Minha Casa Minha Vida é o maior programa habitacional já criado no Brasil. Desde o seu lançamento, já entregou mais de um milhão de moradias.

Em parceria com estados, municípios, empresas e entidades sem fins lucrativos, o programa vem mudando a vida de milhares de famílias brasileiras. É oportunidade para quem precisa e mais desenvolvimento para o Brasil.

O Governo Federal paga parte do imóvel para você, por meio de subsídios, e ainda financia a outra parte em parcelas pequenas, que cabem no seu bolso.

4Registro e Escritura


A escritura é o documento público oficial que valida o acordo entre quem compra e quem vende um imóvel. Ela é elaborada no cartório de notas e registrá-la é o primeiro passo após a assinatura do contrato de compra e venda.

Quando a compra do imóvel é à vista, será sempre necessária a confecção de uma escritura em um cartório de notas. Porém, se for uma situação de financiamento bancário, o contrato emitido pelos bancos substitui esse documento.

Após a assinatura da escritura ou do contrato, é necessário encaminhar o documento ao cartório de Registro de Imóveis competente para a que a transferência de propriedade seja registrada na matrícula do imóvel. Vale ressaltar que cada imóvel deve ser registrado em um cartório específico, conforme determina a legislação.

5Entrega do Imóvel


O momento mais esperado chegou. Para receber as chaves do apartamento, algumas etapas importantes precisam ser cumpridas. Basicamente, é preciso:

  • Assinar o contrato de financiamento bancário;
  • Pagar os valores do Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e do Registro do imóvel;
  • Regularizar eventuais pendências financeiras e demais obrigações contratuais;
  • Realizar a vistoria do imóvel.

Quer facilitar seu sonho?

siga este passo-a-passo exclusivo
para se aproximar mais de seu apartamento.